• Diferencial EJ

PREVENÇÃO DE MANUTENÇÃO

Hoje falaremos sobre um método de manutenção que não é muito falado, a Prevenção de Manutenção.


Ele consiste de atividades que são conduzidas juntamente com o fabricante, desde a fase de projeto do equipamento, visando reduzir o volume de serviços de manutenção exigido durante a sua operação.


O aspecto fundamental da prevenção de manutenção é a retroalimentação de informações para o fabricante para o fabricante na compra de novos equipamentos, visando à prevenção de falhas e o aumento da sua mantenabilidade. Blanchard, em seu livro “Design and Manage to Life Cycle Cost” (M/A Press, 1978), sugere que 95% do volume de serviços de manutenção exigidos na fase de operação dos equipamentos são definidos até a fase de projeto e desenvolvimento. Por isso a prevenção de manutenção visa atuar enquanto o equipamento está no papel, quando é mais fácil e mais barato identificar e bloquear as causas potenciais de falhas.


Muitos problemas de relacionamento entre a manutenção e a produção podem se originar da incapacidade intrínseca que alguns equipamentos têm de atender às expectativas da produção, pois as falhas tenderão a ocorrer com frequência, causando sérias perdas para a empresa. Para o pessoal da produção, a manutenção do equipamento não estaria sendo bem-feita, já, para o pessoal da manutenção os operadores não estariam operando corretamente os equipamentos.


Em virtude disso, se faz necessário que tanto as equipes de manutenção quanto as de produção estejam sempre envolvidas na compra de novos equipamentos, avaliando suas características técnicas sob os dois pontos de vista.


Se interessou pelo assunto? Possui problemas com manutenção na sua empresa? Entre em contato conosco, estamos à disposição para ajudá-lo.


Créditos: Gerenciando a Manutenção Produtiva – Harilaus G. Xenos.